Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

Setembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
 
1
4
5
6
7
8
11
12
13
14
18
19
20
21
22
24
25
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > Informações úteis
imprimir

Informações úteis


Material necessário

Binóculos
Os binóculos constituem um instrumento indispensável para quem se quer iniciar na observação de aves. Existem vários modelos e marcas no mercado, sendo geralmente os mais aconselhados os que têm uma ampliação entre 8x e 10x e uma abertura/diâmetro de lente entre 30 e 50 mm.

Telescópio 
Embora não seja essencial, um telescópio permite a observação de pormenores difíceis de ver com uns binóculos, permitindo também uma observação mais distante, e portanto sem perturbar tanto as aves. Constitui um auxiliar precioso na identificação das espécies.

Guia de campo 
O uso de um guia de campo é fundamental para qualquer observador de aves. Antes de escolher convém ter em conta a qualidade dos desenhos ou fotografias, a qualidade do texto, a qualidade dos mapas de distribuição, o tamanho, a maneabilidade, a resistência e o preço. 

Caderno de campo 
Um caderno de campo poderá revelar-se muito útil quando necessita anotar os pormenores das aves observadas. As características do local de observação, as condições climáticas e uma listagem das espécies observadas são informações que poderão vir a ser necessárias mais tarde.

Vestuário adequado 
Por último, deve-se optar por utilizar roupa confortável e discreta e o calçado deve ser confortável e resistente.

Estes e outros itens encontram-se disponíveis na nossa loja online - consulte o catálogo





Clima

Portugal Continental
O clima em Portugal varia significativamente de região para região e é influenciado pelo relevo, latitude e proximidade do mar, que proporciona Invernos suaves, especialmente no Algarve.
Nas áreas do Porto e Norte de Portugal e Beiras, especialmente nas zonas mais próximas de Espanha, os Invernos são mais frios, apesar das temperaturas serem moderadas quando comparadas com o resto da Europa. Regista-se alguma queda de neve, que é mais frequente na serra da Estrela, onde se situa o ponto mais alto de Portugal Continental (1991m) e se podem encontrar condições para a prática de ski. 
Os verões são quentes e secos sobretudo nas regiões do interior (Nordeste transmontano e Alentejo) e no litoral o calor é moderado pela influência marítima. 
Durante o outono registam-se frequentemente dias ensolarados com temperaturas amenas.

Açores
Influenciado pela latitude e pela ação reguladora da corrente do Golfo, o clima dos Açores é caracterizado por temperaturas amenas ao longo de todo o ano. Estas influências condicionam igualmente a temperatura da água do mar, que se mantém muito agradável tanto no inverno como no verão, possibilitando a prática de diversos desportos marítimos.

Madeira
Com características subtropicais que se devem à sua posição geográfica e ao relevo montanhoso, o clima no arquipélago da Madeira é excecionalmente ameno, com temperaturas médias do ar que variam entre os 24 ºC no verão e os 19 ºC no inverno. A água do mar mantém igualmente uma temperatura muito agradável ao longo de todo o ano devido à influência da corrente quente do Golfo, oscilando entre os 18 ºC (inverno) e os 22 ºC (verão).

Mais informações sobre o clima em Portugal - website





voltar



Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com